728 x 90
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Testamento

Testamento

Tá aí! Sem briga! Cada um pegue aquilo que for seu por direito   Deixo por aqui todos os defeitos que em mim sempre habitaram, Passo adiante toda minha curiosidade em ver o fim disso tudo, Liberto as poucas crenças que ainda insistem em aparecer de vez em quando, Largo de mão e de vez

Tempo de Leitura: < 1 minuto

Tá aí! Sem briga!

Cada um pegue aquilo que for seu por direito

 

Deixo por aqui todos os defeitos que em mim sempre habitaram,

Passo adiante toda minha curiosidade em ver o fim disso tudo,

Liberto as poucas crenças que ainda insistem em aparecer de vez em quando,

Largo de mão e de vez todas as músicas que não tive paciência em ouvir até o final,

Aos que direcionei minha raiva mais primitiva deixo minhas desculpas.

O meu arrependimento por todo o tempo que desperdicei com birras, brigas e babaquices.

Abandono para quem quiser todos meus medos mais escondidos.

Cesso e distribuo todas minhas manias mais esquisitas e interessantes.

Cedo toda a esperança que produzi para quem o realmente fizer valer.

Para aqueles a quem ditei regras deixo o aprendizado mais importante da minha vida:

CADA UM QUE TOME CONTA DA SUA VIDA.


Comente! 

 

2 comentários
Fabio Pires
ADMINISTRATOR
Perfil

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

2 Comentários

Sugestões de Leitura

Vale a Leitura!

Mais Comentados