728 x 90
Tempo de Leitura: 2 minutos

Sujeito offline

Sujeito offline

  Estas talvez sejam perguntas que muitas vezes não fazemos por preguiça E esta preguiça muitas vezes nos blinda e protege de nos compreender. Perguntas de tão simples que as ignoramos ou fingimos que elas não existem, que nunca ocuparam espaço e que nunca sequer foram feitas. Em algum momento você se já se sentiu

Tempo de Leitura: 2 minutos

 

Estas talvez sejam perguntas que muitas vezes não fazemos por preguiça

E esta preguiça muitas vezes nos blinda e protege de nos compreender.

Perguntas de tão simples que as ignoramos ou fingimos que elas não existem, que nunca ocuparam espaço e que nunca sequer foram feitas.

Em algum momento você se já se sentiu offline para o mundo a sua volta?

Imune ao que sempre te incomodou?

Isolado. Como se estivesse numa bolha?

Resistente, por exemplo, aos latidos estridentes de algum cachorro deixado sozinho em um pequeno apartamento de 40 metros quadrados por um dia inteiro?

Ao eterno carro da pamonha que se arrasta em frente a sua janela com o megafone ligado no máximo às 9 da manhã de uma maldita segunda-feira?

Ao cara que insiste em jogar papel no chão?

Ou ao mesmo sujeito que insiste em acender seu maldito cigarro em um ambiente fechado?

Você já se escondeu de suas verdades ou das verdades que julgam ser suas e insistem em jogar no seu colo?

Já fechou os olhos a toda vez que alguém tenta te passar para trás?

Já ignorou a um chamado de alguém que você não queria ver ou mesmo ouvir?

Ou já se viu como Jean Dominique Bauby recriando seu próprio mundo e sua própria vivência por estar encarcerado em seu próprio corpo?

E já se enxergou aproveitando aquele sol gostoso de uma manhã de outono?

Sentiu-se isolado do incessante barulho das buzinas no trânsito?

Achou que determinada letra de música foi escrita unicamente para você?

Já conseguiu silenciar em sua mente alguma voz ou pensamento inconveniente?

Já sentiu medo de si mesmo?

E raiva?

Conseguiu mentir descaradamente sem mesmo ter remorso?

Você já conseguiu se isolar apenas fechando a porta do banheiro?

Você já se cansou de tantas perguntas?

 


Nos siga também no Facebook e no Instagram!

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Sugestões de Leitura

Vale a Leitura!

Descomplica pós