728 x 90
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Uma simples ida ao cinema

Uma simples ida ao cinema

Nunca imaginei que fosse Aprender tanto em uma simples ida ao cinema.   Sempre ouvi dizer que o processo de amadurecimento pessoal passa por algumas fases que são talhadas por momentos simples, mas importantes. Neste período já saí sozinho para tomar minhas cervejas, fui à praia sozinho, andei de carro sem rumo e até mesmo

Tempo de Leitura: < 1 minuto

Nunca imaginei que fosse

Aprender tanto em uma simples ida ao cinema.

 

Sempre ouvi dizer que o processo de amadurecimento pessoal passa por algumas fases que são talhadas por momentos simples, mas importantes.

Neste período já saí sozinho para tomar minhas cervejas, fui à praia sozinho, andei de carro sem rumo e até mesmo comprei roupas sozinho.

Mas ainda não tinha ido ao cinema sozinho.

Você, insistente leitor, pode perguntar:

“Mas qual a diferença em ir sozinho ou acompanhado?”.

Tem toda a diferença!

Desde a simples escolha do filme, onde sentar, do que beliscar além da tradicional pipoca, até ao seu ponto de vista único sobre o filme.

 

Você passa a ser você.

Genuinamente você.

Unicamente você.

 

Não há nada mais construtivo quando você sabe exatamente aquilo que quer e exerce seu poder de escolha soberanamente, mesmo que seja em uma simples sessão de cinema.

Sem democracia alguma envolvida.

Prestar atenção em pequenos detalhes que acompanhado não chegariam aos meus olhos, seja no filme, no público que o cerca, seja na sala de projeção.

Eu gostei tanto da experiência que vou repeti-la tão logo apareçam filmes que realmente me interessem.

Tanto quanto escrever sobre isso.

Mais um passo dado.


Gostou? Deixe sua opinião e compartilhe!

 

 

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Sugestões de Leitura

Espaço Publicitário

Anuncie sua empresa conosco

Vale a Leitura!

  • Anuncie Aqui

    Anuncie sua Empresa Aqui