728 x 90
Tempo de Leitura: 2 minutos

Ignorância plena e assumida

Ignorância plena e assumida

Ignorância talvez seja achar que, arrogantemente, tudo já sabemos e apesar de estarmos em constante evolução (quer queira ou não!) não temos a menor ideia do quanto ainda nos falta e que provavelmente sempre vai faltar algo.   Compreendo que a cada virar de página estamos mais longe de respostas e sim nos vemos de

Tempo de Leitura: 2 minutos

Ignorância talvez seja achar que, arrogantemente, tudo já sabemos e apesar de estarmos em constante evolução (quer queira ou não!) não temos a menor ideia do quanto ainda nos falta e que provavelmente sempre vai faltar algo.

 

Compreendo que a cada virar de página estamos mais longe de respostas e sim nos vemos de volta a novas questões. Ou seriam as mesmas, porém com outra indumentária?

Tenho a convicção de que não temos a menor chance de nos achar com certeza de absolutamente nada e também por essa razão buscamos mais e mais conhecimento.

De tal sorte que por mais que nos pareça estar correndo atrás do próprio rabo, na verdade provavelmente estejamos com o norte bem definido, entretanto nem isso podemos afirmar.

Não conseguimos compreender nem o que se passa em nossos comportamentos, medos e raciocínios mais profundos, mesmo com o auxílio da psicologia moderna e como consequência apelamos para seres mitológicos, para o folclore, horóscopo e para as religiões para amansarmos nossa existência e apaziguarmos nossa partida.

 

Sócrates e a sua frase “só sei que nada sei” já explicava este caminho.

O tanto que evoluímos por conta da necessidade, pela sobrevivência e pelas imposições das guerras e o tanto que nos atrasamos por conta das religiões.

Há também a questão se estamos evoluindo a passos largos ou em passadas de tartaruga.

Quanto mais escavamos em direção de nosso conhecimento, mais nos aparecem dúvidas e questionamentos e hoje sabemos que é bom ter dúvida.

Quero ser incapaz de ter certeza convicta.

E me mover sempre em direção à dúvida e ao questionamento.

E daí ser capaz de saber que nada sabemos e que cada vez que tentarmos saber mais cairemos dentro do conhecimento.

Conhecimento é busca.

Liberdade é conhecimento e dúvida é ir de encontro a esta liberdade.


Comente, deixe sua opinião e compartilhe!

 

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Sugestões de Leitura

Espaço Publicitário

Anuncie sua empresa conosco

Vale a Leitura!

  • Anuncie Aqui

    Anuncie sua Empresa Aqui