728 x 90
Tempo de Leitura: < 1 minuto

Use sua insatisfação em seu favor

Use sua insatisfação em seu favor

Use sua insatisfação em seu favor, Sempre   Está putinho com seu chefe? Se arrasta todo dia para o trabalho? Faz aquilo que detesta? Atura quem não suporta neste mesmo trabalho? Se cansou de esperar todo mês pelo dia do pagamento?   Pensa em outro rumo para sua vida? Se pensa, comece agora a agir

Tempo de Leitura: < 1 minuto

Use sua insatisfação em seu favor,

Sempre

 

Está putinho com seu chefe?

Se arrasta todo dia para o trabalho?

Faz aquilo que detesta?

Atura quem não suporta neste mesmo trabalho?

Se cansou de esperar todo mês pelo dia do pagamento?

 

Pensa em outro rumo para sua vida?

Se pensa, comece agora a agir já que seu tempo é perecível. 

E como sabemos nossa estada aqui é curta demais para não vivermos como queremos.

Ou pelo menos tentarmos. 

Use sua insatisfação em seu favor.

 

Não reclamando, mesmo porque não damos um passo para frente enquanto reclamamos, mas injetando mais força em busca do seu objetivo.

Reme.

Nem que seja sozinho.

Nem que te chamem de louco e tentem te fazer desistir.

O que não é falta é gente tentando te puxar pro lado “normal” da vida, não é mesmo?

Algo como o texto inicial de Trainspotting (Escolha uma vida, escolha uma carreira, escolha uma família…) em que aceitamos estas “verdades” como algemas que carregamos para o restante da vida.

 

Ser normal é ter tanto medo a ponto de não fazer aquilo que ama? Ou é ser infeliz como a maioria ao redor? Ou fingir que somos felizes  mesmo sem sabermos do que se trata?

Ser normal então deve ser seguir a maioria e nunca identificar seus próprios valores e escolhas? Ou ignorar todas as opções que nos tragam prazer?

Ou ser normal seria nascer, virar adulto, reproduzir, se frustrar, sofrer, reclamar, engordar, pagar contas, aguentar este fardo, se aposentar, nada fazer para mudar este panorama e desaparecer do mapa quando voltamos ao pó?

Isso tudo sem ao menos tentar?

Lembre-se que a mesmice suportada por uns é a prisão perpétua de outros.

 


Comente, deixe sua opinião e compartilhe!

 

Fabio Pires
ADMINISTRATOR
Perfil

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Sugestões de Leitura

Vale a Leitura!

Mais Comentados