Você é comunista!

Você é comunista!

-Oi meu sobrinho! Eu não sabia que você era comunista, me desculpe… – Hum?   E assim fui respondido por pedir que uma parente não me mandasse mais vídeos de campanha de determinado pré-candidato. Pré-candidato este que aliás nem deveria fazer campanha neste período e muito menos fazendo uso de cotas de passagens como parlamentar….

Morte em vida

Morte em vida

Vez por outra viajo para lugares que nunca estive, vivo realidades que nunca foram minhas, experimento momentos que nunca vivenciei.E ainda assim consigo perceber como seria o que não vi.   A tristeza e a frustração sempre os acompanharam e como resultado não sabiam agir ou mesmo viver de outra maneira. De fato, não conheciam…

Há dois tipos de palavras as proparoxítonas e o resto por Eduardo Affonso

Há dois tipos de palavras: as proparoxítonas e o resto por Eduardo Affonso

Adoraria ter escrito este texto fantástico!   As proparoxítonas são o ápice da cadeia alimentar do léxico.  Estão para as outras palavras assim como os mamíferos para os artrópodes. As palavras mais pernósticas são sempre proparoxítonas tanto das mais lânguidas às mais lúgubres quanto das anônimas às célebres. Se o idioma fosse um espetáculo permaneceriam…

Sonhar é preciso por Augusto Cury

Sonhar é preciso por Augusto Cury

Sabe aquele momento em que um texto “cai” no seu colo? E parece que responde muitas das suas dúvidas? Pois bem, este é o de hoje   Sem sonhos, as pedras do caminho tornam-se montanhas, os pequenos problemas são insuperáveis, as perdas são insuportáveis, as decepções transformam-se em golpes fatais e os desafios em fonte…

Que diabos eu vim fazer neste bar

Que diabos eu vim fazer neste bar?

Eu deveria parar de observar as outras pessoas, Principalmente quando estou no bar   Você já sentiu a necessidade de sair sozinho? Não por tristeza ou depressão, mas apenas para poder ficar sozinho. E naquele dia era o que eu precisava. Ainda mais depois de um dia difícil de trabalho. Dessa forma fui direto ao…

Quanto vale o seu sorriso Por Alan Dias Castro

Quanto vale o seu sorriso? Por Alan Dias Castro

Não saberia dizer quanto vale o meu sorriso. Assim como a minha felicidade   Fazer o que ama não significa que você não vá ter que trabalhar mais, mas talvez que você vá reclamar menos. Quando a gente não faz o que gosta no emprego parece que a gente é uma criança de castigo. Já…

Vivemos vidas baseadas em clichês

Vivemos vidas baseadas em clichês

Clichês. É o que me parece sermos enquanto agimos repetidamente em círculos e seguindo exatamente como definido no dicionário:   Lugar-comum, repetido, chavão, comum, previsível e repetido.   É aquilo que fazemos sem perceber ou mesmo sem dar os merecidos créditos. Ser mais do mesmo e mais um a seguir a manada. Nascer, crescer, se…

12