728 x 90
Tempo de Leitura: 2 minutos



Postagens do Autor

  • Apenas porque eu quero e nada mais

    Apenas porque eu quero e nada mais

    Este é mais um desabafo do que propriamente uma crônica, apenas porque eu quero e portanto não vou procurar nenhuma outra explicação.   Este é mais um desabafo em cima do que não pude escolher e que eventualmente ainda sou cobrado. Características estas que muitas vezes nem tenho como mudar e nem me incomodam. Assim

    LEIA MAIS
  • Tapa na cara

    Tapa na cara

      Aquela primeira tinha pelos de cachorro espalhados pela roupa. E uma latente falta de humor. Além de asas que não conseguia abrir, Pois estavam abandonadas no fundo do armário. Já aquela outra não tinha aquele aroma de futuro que tanto procuro. Por viver entre urubus até que durou bastante, Nem o futum de carniça

    LEIA MAIS
  • CEP

    CEP

      Escrever é a maneira que achei de conversar comigo mesmo. E de tentar me entender. Uma espécie de terapia mais em conta e menos invasiva. Já a poesia é um risco. O risco de nunca me achar. E de achar que sei quem sou.   Nos siga também no Facebook e no Instagram!

    LEIA MAIS
  • Namastê, caralho!

    Namastê, caralho!

    Ah! Você é colérico, né? É assim mesmo! Por isso você é nervosinho desse jeito…   Certa vez ouvi isso de uma pessoa muito próxima e também de várias outras pessoas não tão próximas e menos polidas que ela. E de outras maneiras que também não eram muito polidas. Ação e reação, não é mesmo?

    LEIA MAIS
  • Normalizamos o caos, mas e daí?

    Normalizamos o caos, mas e daí?

    Sugestão de música: Chico Science & Nação Zumbi – Da lama ao caos. Normalizamos o caos. Neste exato momento (dia 28/07/2020) passamos dos 90 mil mortos pela Covid-19 e sem nenhum sinal de que vamos conseguir baixar do número de 1000 mortos por dia. Isso sem falar na subnotificação. São 1000 famílias todos os dias

    LEIA MAIS
  • Os cuidados que não tomamos ao julgar ou generalizar

    Os cuidados que não tomamos ao julgar ou generalizar

    Tomemos muito cuidado ao julgar Ou generalizar realidades que não conhecemos. Temos um hábito recorrente, perigoso e sem sentido de julgarmos todos e todas as situações sem ao menos observarmos vários fatores. Sem ao menos nos aprofundar no assunto. De tudo fingimos entender, mas nada queremos pesquisar, estudar, ou mesmo interpretar os vários textos sobre

    LEIA MAIS