Simbora molenga

Simbora molenga!

Nas minhas corridas matinais já identifiquei vários personagens curiosos:   O velhinho “Ventania” que deve ter o dobro da minha idade e certamente o dobro da minha disposição e velocidade. As senhorinhas que parecem mais passear e papear do que propriamente se exercitar. A mulher que corre com o pescoço caído para a esquerda (talvez…

E aí meu amigo

E aí meu amigo?

Vez por outra bato papo mentalmente com um dos melhores amigos que tive. Vez por outra nada! Quase todo dia imagino o que ele me falaria em muitas situações do cotidiano. E aí meu amigo você sabe que até hoje você me ensina pelo exemplo?   E aí, meu amigo? Como estão as coisas? Vamos…

No mesmo banco

No mesmo banco

Costumo usar os mesmos lugares para identificar memórias e sensações diferentes. No mesmo banco   Sentado naquele mesmo banco de minha infância que guarda minhas mentiras sem nunca me julgar. Naquele mesmo banco, no meio de lugar algum, que é exatamente como me sinto. Sem de fato pertencer à algum lugar. Aquele mesmo banco de…

Coca-Cola zero

-Oi mulher, voltei! Sentiu minha falta? -Já voltou?  Rápido, hein? Nem deu para perceber! Quatro anos para trazer uma Coca-Cola… -Verdade! Precisava resolver umas coisinhas na minha mãe. E como está tudo por aqui? -Por aqui está quase tudo como você deixou e por falar na sua mãe, como está a jararaca? -Não fale assim…

O Apátrida

O Apátrida

Ontem estive na casa onde vivi por pouco mais de dois anos e que eu acreditava ser a realização de um sonho   Tudo estava como antes exceto pelos espaços criados pelos objetos que já empacotei, por uma ou outra bolsa colocada nos corredores e principalmente pelo meu armário totalmente vazio. As minhas meninas estavam…

Jorginho Carvoeiro

Jorginho Carvoeiro

Pode não parecer, mas eu rezo antes de dormir.   Na verdade eu converso com meu anjo da guarda (sim, eu tenho um e ele é foda!).Sim, eu bate papo com ele.Um bate papo de botequim sem cerveja e petiscos.Isso porque ele não bebe e está de regime.E justamente no momento que mais contesto qualquer…

Antolhos

Antolhos

Os caminhos que seguimos são invariavelmente caminhos sem volta. Vestir os antolhos e seguir em frente por vezes ajuda como em um cavalo puxador de carroças e sem perspectivas. A ignorância realmente é uma benção. Normalmente não temos muita noção que o que está por vir é infinitamente superior ao que acabamos de perder.  …

Ano Novo dúvidas Velhas

Ano Novo dúvidas Velhas

 Encabeçando a minha lista de objetivos de ano novo estava lá escrito:   Escrever no blog todo dia.Ponto. Está decidido.   Mas será que terei temas suficientes? Não sei, mas estou tentando.   E como fazê-los interessantes? Sendo sincero, seria a resposta mais óbvia e direta.   Mas como ser sincero se não levamos esta…

Reforma Ortográfica

Reforma Ortográfica

Se tivesse eu que decidir faria uma reforma ortográfica completa. Na verdade, faria uma anarquia ortográfica. Aboliria todas as regras que nunca quis decorar. E todas que não compreendo a existência.   Aboliria todos os sinais. Sem sinais. Nenhum, por sinal. Talvez só mantivesse a vírgula pela minha egoísta e possível necessidade futura de um…