Jorginho Carvoeiro

Jorginho Carvoeiro

Pode não parecer, mas eu rezo antes de dormir.   Na verdade eu converso com meu anjo da guarda (sim, eu tenho um e ele é foda!).Sim, eu bate papo com ele.Um bate papo de botequim sem cerveja e petiscos.Isso porque ele não bebe e está de regime.E justamente no momento que mais contesto qualquer…

Antolhos

Antolhos

Os caminhos que seguimos são invariavelmente caminhos sem volta. Vestir os antolhos e seguir em frente por vezes ajuda como em um cavalo puxador de carroças e sem perspectivas. A ignorância realmente é uma benção. Normalmente não temos muita noção que o que está por vir é infinitamente superior ao que acabamos de perder.  …

Ano Novo dúvidas Velhas

Ano Novo dúvidas Velhas

 Encabeçando a minha lista de objetivos de ano novo estava lá escrito:   Escrever no blog todo dia.Ponto. Está decidido.   Mas será que terei temas suficientes? Não sei, mas estou tentando.   E como fazê-los interessantes? Sendo sincero, seria a resposta mais óbvia e direta.   Mas como ser sincero se não levamos esta…

Reforma Ortográfica

Reforma Ortográfica

Se tivesse eu que decidir faria uma reforma ortográfica completa. Na verdade, faria uma anarquia ortográfica. Aboliria todas as regras que nunca quis decorar. E todas que não compreendo a existência.   Aboliria todos os sinais. Sem sinais. Nenhum, por sinal. Talvez só mantivesse a vírgula pela minha egoísta e possível necessidade futura de um…

Carteira assinada

Carteira assinada

Hoje faz 26 anos desde que comecei a trabalhar com carteira assinada e sempre ouvi que era uma grande vantagem começar a trabalhar tão cedo porque conseguiria me aposentar cedo também. E sempre me orgulhei disso. Hoje não vejo desta maneira, afinal nem sei ao certo quando vou conseguir me aposentar. E se vou. E…

Melhores em quê

Melhores em quê?

Hábito que ninguém sabe de que lugar veio e apenas mascara uma necessidade competitiva que sabemos não ser saudável, nem individualmente nem como parte de uma sociedade. Afinal somos melhores em quê?   Vejo muitas pessoas com o hábito, que a mim parece recente, de intitular grupos como “os melhores” ou mesmo de direcionar presentes…

Saudades dispersadas

Saudades dispersadas

Sinto saudades Daquilo que senti o gostinho e nem tive tempo de decorar a textura. Do que queria que prosseguisse e não pude concluir. Das coisas que sempre quis e nunca tive. Do número de telefone que não me chama mais. Das fugas desesperadas em horários perdidos e sem destino. Da marca de batom na…

Insistentemente fazendo a roda girar

Insistentemente fazendo a roda girar

Insistentemente Fazendo A Roda Girar   Insistentemente Nascemos, Vivemos (?), Nos achamos por demasiado importantes e nos tornamos uma nota de jornal. Quando muito. __________________________________________ Insistentemente Desembarcamos, Seguimos o mesmo rumo de nossos pais (sem mesmo perceber) E servimos como número na estatística. _________________________________________ Insistentemente Somos puxados (quase expelidos) chorando, E se seguimos berrando, gritando…

Conjugar no tempo errado

Conjugar no tempo errado

Como conjugar um presente cheio de futuro e um futuro vazio de presente?   O fato de não conseguir administrar todos meus planos e destituir a possibilidade de pensar no amanhã cortam as asas de quem quer aprender a voar. Mesmo que sejam voos rasantes. Curtos até. Procuro pensar e direcionar o meu melhor como…