728 x 90
Tempo de Leitura: 5 minutos



  • Um café entre escombros

    Um café entre escombros

    Tomava um café sossegadamente enquanto tentava arrancar o restante da persistente ressaca da noite anterior.   Não ficava assim há muito tempo. Tudo girava e desse modo foi mais que necessário procurar um lugar conhecido para sentar e tentar trazer de volta um pouco de sobriedade. Ainda mais por este ser um dos poucos lugares

    LEIA MAIS
  • Morte em vida

    Morte em vida

    A vegetação rasteira da caatinga com algumas poucas árvores espinhentas e de troncos retorcidos acompanham piamente mais um período de seca. Já nem lembram da última chuva que caiu e de quando ouviram o canto da seriema, afinal só percebemos o valor da água depois que a fonte seca. Folhas secas, poços secos e almas

    LEIA MAIS
  • Imagine John…

    Imagine John…

    Não vim falar dos Beatles, embora eu os adore e eles estejam necessariamente atados a essa história. Todo esse post é sobre a biografia em quadrinhos do mais importante (talvez mais problemático e complicado) Beatle: John Lennon. No último dia 8 de dezembro de 2017, relembramos os fúnebres 37 anos do assassinato do homem que

    LEIA MAIS
  • Em um banho de cachoeira

    Em um banho de cachoeira

    Sentei em uma pedra ovalada e lisa, daquelas fáceis de escorregar, caso tente fincar o pé. Apenas me apoiei nela e deixei o peso do corpo equilibrar o restante e nem a força da água me movia. Dali inclinando levemente a cabeça para frente podia observar a copa das árvores bem altas que cercavam aquele

    LEIA MAIS
  • Não dá para ser o mesmo todo dia

    Não dá para ser o mesmo todo dia

    Têm dias que acordo bem disposto, com uma vontade genuína de aproveitar o dia, mesmo que enclausurado.   Nestes dias para ajudar a boa vibração, me isolo das notícias e assim facilito esse processo. Usualmente estes são dias muito bem aproveitados. Já em outros não há santo ou brigadeiro de chocolate que dê jeito. Acordo

    LEIA MAIS
  • A gente só se encontra em casamentos e funerais

    A gente só se encontra em casamentos e funerais

    Certa vez ouvi essa frase de um amigo, que fora muito próximo por um bom tempo da minha vida e que por força de trabalho e consequente mudança de cidade por parte dele perdemos contato.    Era o sepultamento da mãe de outro grande amigo em comum e ali nos víamos na dor sentida por

    LEIA MAIS