Piada velha

Piada velha

Na poesia é onde consigo mais dizer mesmo que em poucas palavras. É o lugar onde me sinto bem e me esvazio. É aqui na poesia que me permito dizer o que sinto e quem sou  E hoje sinto que sou nada mais que uma piada velha   Para você, já fui o engraçadinho, o…

Um copo de veneno sem gelo, por favor

Um copo de veneno sem gelo, por favor

Gosto de passear pela poesia quando não quero me explicar e deixar a interpretação na conta do leitor. Ele que faça seu próprio sentido e tomem seu próprio veneno   Deleitando-se com um copo de seu melhor veneno Que derrama, escorre e mancha sua única blusa E sistematicamente espalha seu amor artificial pelo corpo.  …

Soslaio de vencedor

Soslaio de vencedor

  Desapegar e deixar viver. E abrir mão do encanto que desce ralo abaixo. Não ser um nobre vencedor de um Nobel. Ou estourar a champanhe no pódio. Ser apenas você. Apenas isso.   Ser importante para si mesmo. Cuidar de si como ninguém mais cuidaria. Sim, ser egoísta em alguns momentos e daí. Não….

CEP

CEP

Escrever é a maneira que achei de conversar comigo mesmo. E de tentar me entender. Uma espécie de terapia mais em conta e menos invasiva. Já a poesia é um risco. O risco de nunca me achar. E de achar que sei quem sou.   Comente!!!  

Tapa na cara

Tapa na cara

Aquela primeira tinha pelos de cachorro espalhados pela roupa. E uma latente falta de humor. Além de asas que não conseguia abrir, Pois estavam abandonadas no fundo do armário.   Já aquela outra não tinha aquele aroma de futuro que tanto procuro. Por viver entre urubus até que durou bastante, Nem o futum de carniça…

1234