728 x 90
Tempo de Leitura: < 1 minuto



  • Desvairando em desvarios de um desvairado

    Desvairando em desvarios de um desvairado

    Tem momentos que não acho meu caminho. Um caminho apenas. Qualquer caminho. Procuro explicações definitivas em letras de músicas de outras épocas. Apenas por capricho.   Tem momentos que não acho minha razão. Uma razão apenas. Qualquer razão. Procuro por teorias complexas em receitas vencidas de endocrinologistas. Apenas para tentar satisfazer um ego que já

    LEIA MAIS
  • Me fingindo de morto

    Me fingindo de morto sou menos incomodado. Me fingindo de morto desistem logo de mim. Me fingindo de morto ganho meu biscoito e fico na minha.   Minhas opiniões desistiram de mim e agora me sinto confortável com as dúvidas que decidiram ficar. E isso vai de encontro a tudo que tentaram me empurrar goela

    LEIA MAIS
  • Autossabotagem

    Autossabotagem

     O que te impede de ser seu próprio super herói?   O que não o deixa chegar ao seu destino? Ou mesmo a sair do seu quarto? Há algo mais forte que o seu querer? O que o impede de enxergar seus sonhos como objetivos? O que o distrai deles? Ou mesmo o desencoraja neles?

    LEIA MAIS
  • Inevitável não pensar nisso

    Inevitável não pensar nisso

    Inevitável não pensar em como somos frágeis    A vida nos parece colagens que em retalhos e no espanto nos deixa partir, sem glamour, sem condolências ou leitura de testamento. Um dia aqui, em outro mal sabemos se o corpo e a consciência se separaram. Isso sem falar na alma, que caso exista. Quem fica

    LEIA MAIS
  • De cortinas fechadas

    De cortinas fechadas

    Hoje senti um arrepio na espinha e um aperto no peito sem razão. Daqueles que indicam urgentemente uma mudança E uma direção diferente da usual. Uma vontade incontrolável de parar o relógio E evitar a nostalgia. Um desejo profundo e antigo de viajar sem destino, sem passaporte E sem a preocupação da volta. Uma ânsia

    LEIA MAIS
  • Você é realmente livre?

    Você é realmente livre?

      Você se sente realmente livre? Mesmo pendurado no seu celular? Consegue se ver livre de todas as regras impostas? Mesmo de 08 às 17 horas? E do relógio você se sente livre? Mesmo correndo contra ele? E das roupas que dizem que você deve usar? Mesmo quando se parece com um outdoor humano? E

    LEIA MAIS