728 x 90
Tempo de Leitura: 3 minutos



  • Como começar do zero independentemente da idade que tiver por ContiOutra

    Como começar do zero independentemente da idade que tiver por ContiOutra

    Não é fácil deixar tudo para trás e começar de novo. É um caminho duro, mas a recompensa quando você não está feliz e precisa de uma mudança vale a pena   Começar do zero não é fácil. É como dar um salto no vazio, como conter a respiração enquanto deixamos para trás coisas e pessoas

    LEIA MAIS
  • 5 relatos que mostram por que é inadmissível homenagear a ditadura

    5 relatos que mostram por que é inadmissível homenagear a ditadura

    Primeiro militar a ser reconhecido pela Justiça como torturador, Coronel Brilhante Ustra é considerado herói por Jair Bolsonaro   Ao justificar o voto pelo impeachment da presidente Dilma Rousseff, o então deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) decidiu homenagear o coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra. Chefe do Destacamento de Operações Internas (DOI-Codi) de São Paulo entre 1970 a 1974, o militar foi

    LEIA MAIS
  • Mandamentos de Schopenhauer

    Mandamentos de Schopenhauer

    Schopenhauer viveu de 1788 a 1860 e escreveu sua obra prima aos 30 anos, “O Mundo como Vontade e Representação”   Mas não obteve sucesso na maior parte de sua vida. Mudou para Frankfurt, onde ficou até sua morte, mas só obteve reconhecimento em seus últimos dias, com o livro “Parerga e Paralipomena”, que é

    LEIA MAIS
  • Para os “homens de bem”, só algumas pessoas têm direito a ter direitos

    Para os “homens de bem”, só algumas pessoas têm direito a ter direitos

    Os “homens de bem” têm declarado de forma explícita: Existe uma diferença entre humanos. Ela não é de raça e nem de cor. Não é de religião e nem de status social. Trata-se de uma diferença mais profunda.   Uns, segundo esse grupo, têm direito a ter direitos. Os demais? Não são humanos o suficiente

    LEIA MAIS
  • Relatos Selvagens, de Damián Szifrón

    Relatos Selvagens, de Damián Szifrón

    As seis histórias de Relatos Selvagens evocam situações conhecidas:    Um grupo de pessoas com um inimigo em comum, o reencontro da vítima com o algoz, a briga no trânsito, a luta contra o sistema, o rapaz rico que atropela inocentes, a festa de casamento que se transforma em confusão. Cada uma das partes felizmente subverte o

    LEIA MAIS
  • Exaustão emocional é muito pior que cansaço físico

    Exaustão emocional é muito pior que cansaço físico

    A vida nunca foi fácil, mas parece que, ultimamente, As coisas pioraram bastante   Existem mais pessoas, mais lugares, mais histórias tendo que conviver juntas, mas as relações compassadamente se fragilizam. Há mais estresse, mais horas de trabalho e isso tudo acaba exaurindo as energias de qualquer um. A vida moderna nos obriga a passar

    LEIA MAIS