CEP

CEP

Tempo de leitura: 1 minute

Escrever é a maneira que achei de conversar comigo mesmo.

E de tentar me entender.

Uma espécie de terapia mais em conta e menos invasiva.

Já a poesia é um risco.

O risco de nunca me achar.

E de achar que sei quem sou.

 


Comente!!!

 

Facebook Comments

Posts Relacionados

A culpada pela crise toda é a formiga Todos os dias, uma formiga chegava cedinho ao escritório E pegava duro no trabalho.   A formiga era produtiva e feliz. O gerente marimbondo...
Ausência demais não gera saudade, gera esqueciment... Relacionamentos são inegavelmente um presente, já que permitem trocas de experiências, compartilhamento de sonhos e planejamento a dois. O problema é...

Fabio Pires é o cara risonho da foto. Eu sou quem assina boa parte dos textos aqui publicados e quem escolhe os assinados por outros escritores. Sou carioca, tenho um livro publicado e vários outros na cabeça, sou baixista de rock, ranzinza, ácido, formado em Letras, graduado em filosofia de botequim, escrevo poesia, mas não me acho poeta e desde 1976 venho tentando fazer a coisa certa, mesmo sem saber muito bem diferenciar o certo do errado.