Luís Fernando Veríssimo

Geraldo por Luís Fernando Veríssimo

 

Sempre Luís Fernando Veríssimo, sempre ele me fazendo pensar no óbvio, no cotidiano, naquilo que não percebemos e que justamente por este motivo muitas vezes nos pareça hilário ou mesmo incomum.
Observar o quanto somos iguais mesmo que diferentes e que nesta diferença reside e se deposita toda esta graça.

 

-Qualquer coisa. Bobagem.
-Perder tempo com bobagem?
-E a televisão, o que é?
-Sim, mas aí é a bobagem dos outros. A gente só assiste. Um falar com o outro, assim, ao vivo… Sei não…
-Vamos ter que improvisar nossa própria bobagem.
-Então começa você.
-Gostei do seu cabelo assim.
-Ele está assim há meses, Eduardo. Você é que não tinha…
-Geraldo.

 


Veja este aqui também!
Mente vazia – FORA DO PICADEIRO

Mente Vazia


Comente, deixe sua opinião e compartilhe!

 

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.