Maracugina, brócolis e Kama Sutra

Maracugina, brócolis e Kama Sutra

Os cinco passos para alcançar a felicidade, como achar o parceiro perfeito, 1001 maneiras de escalar o Everest, 13 dicas para satisfazer um canguru na cama…

 

Para tudo há listas, regras, fórmulas mágicas, maneiras ou caminhos em que a impressão nítida que tenho é que a vida é muito mais simples do que parece e que não há individualidade nas ações.

Basta seguir estas listas criadas por sabe se lá quem!

Ou seja, que sigamos os mesmos padrões!

Eu particularmente me cansei que me digam o que fazer, ou como devo lidar com determinadas situações e por isso farei a minha própria lista!

Sem direcionamento algum porque não sei o que vou listar.

O que sair saiu.

 

 1- Pessoas que desejam “bom dia” antes das 5 da manhã são perigosas e devemos manter distância (distância como daqui ao Everest citado acima). Ninguém deseja algo de bom nesta hora.

2- As pessoas que bebem café em um voo com mais de 6 horas de duração gostam de viver perigosamente.

3- Quem faz uma pergunta repetindo o que foi questionado a ela está apenas ganhando tempo para se defender e deve se manter a mesma distância do item 1.

4- Se tem gases em um lugar fechado, nunca sequer cochiche isso com qualquer amigo que você conheça há mais de 10 anos. Especialmente se vocês dois estiverem no mesmo voo do item 2.

5-Nunca abra nenhum áudio ou vídeo enviado por este mesmo amigo do item 4 em reuniões de trabalho.

6-Ah! E se fizer exame de próstata também não fale a este mesmo amigo. A menos que ele tenha mais de 40 anos. Aí sim, trocar experiências pode ser fundamental.

7-Definitivamente roncar é menos nocivo que os gases do item 4.

8-Se fizer um seguro de vida de valor elevado não avise ao seu parceiro.

9-Lembre se que brócolis e ovo também não ajudam na contenção do item 4.

10- Caso ganhe na Mega Sena não fale para sua família. Encomendar a cara do Brad Pitt ao cirurgião plástico é muito mais seguro.

11-Comer frutas só dá mais fome, exceto se você comer uma jaca sozinho.

12-Discutir no trânsito não ajuda em nada e só traz violência.

Em nome da paz nas ruas sugiro que com os vidros fechados de uns berros que certamente acalmarão seus nervos e manterão seus dentes no lugar.

13- Maracugina não ajuda no item 12.

14- Já sexo diariamente ajuda fortemente no item 12.

Já não saberia dizer no caso do canguru da introdução.

15- Filmes do Monty Python ajudam a apurar seu humor inglês, mesmo você não sendo inglês.

16-O item 14 ajuda em vários itens da área de saúde, exceto se você tentar passar da página 4 do Kama Sutra.

17- Livros de culinárias deprimem por nunca conseguirmos deixar os pratos exatamente como estão nas fotos.

18- O mesmo vale para o Kama Sutra que citei acima.

19- E também para as propagandas de lojas que vendem roupas intimas.

20-O mesmo não se aplica as sopas no item 17. Sopa tem a mesma cara sempre.

 

 E acabei de ter a ideia de um novo texto intitulado:

 

 “20 maneiras de enrolar o leitor até o final de um texto que eu não sei terminar.”

 


 

Comente, deixe sua opinião e compartilhe!

 

Facebook Comments

Posts Relacionados

E quando consegui observar o vento Uma simples e inofensiva rajada de vento me levou longe  E então me reapresentou algumas memórias de infância, que hoje percebi de outra maneira &nb...
A moral do desinteresse por Clóvis de Barro Filho O discurso do desinteresse, da moral higienizada de desejos, é uma perversão. Tudo o que fazemos é interessado   Quando empresas e seus rela...

Fabio Pires é o cara risonho da foto. Eu sou quem assina boa parte dos textos aqui publicados e quem escolhe os assinados por outros escritores. Sou carioca, tenho um livro publicado e vários outros na cabeça, sou baixista da banda de rock Diabo Verde, ranzinza, ácido, formado em Letras, graduado em filosofia de botequim, escrevo poesia, mas não me acho poeta e desde 1976 venho tentando fazer a coisa certa, mesmo sem saber muito bem diferenciar o certo do errado.