728 x 90
Tempo de Leitura: 2 minutos

O poço sem fundo

O poço sem fundo

O que além das questões e da dúvida para nos levar adiante?   Quem sou eu? O que quero ser quando crescer? Existe vida em outro planeta? Existe alma? E antes do nada existia algo ou apenas o nada? O que é o nada? E quando morrermos voltamos ao nada? Mas que nada? O que

Tempo de Leitura: 2 minutos

O que além das questões e da dúvida para nos levar adiante?

 

Quem sou eu?
O que quero ser quando crescer?
Existe vida em outro planeta?
Existe alma?
E antes do nada existia algo ou apenas o nada?
O que é o nada?
E quando morrermos voltamos ao nada?
Mas que nada?
O que legitima o poder?
A perspectiva muda a realidade?
O meio faz o indivíduo?
Vivemos em um jogo?

 

Por que apertamos o controle remoto com mais força quando as pilhas estão fracas?

Qual dos braços da poltrona do cinema é o seu?
Por que a maioria das mães insiste no “porquê sim!”?
Elvis não morreu? E Michael Jackson?
Tomar banho nos deixa mais limpos ou mais aliviados?
Quantos de nós já deixaram este planeta?
O que de fato acontece no Triângulo das Bermudas?
E quem explica Stonehenge?
E as pirâmides no Egito?
Alguém explica as Linhas de Nazca? Rosewell? Área 51?
Há alguma verdade que possa realmente ser dita?
Há alguma espécie de calmante em nossa água?

 

Quanto da nossa realidade é manipulada?

O quanto podemos realmente saber?
O quanto devemos realmente saber?
E para quê saber?
Se ignoro não existe?
Se não existe para mim posso me fingir de morto?
O que esperar do futuro?
Se não for agora, quando?
Que imagem eu passo aos outros?
Quem eu gostaria de ser?
O que falta para ser esta pessoa?
Aquilo que acredito me define?
Há amor sem medo?

 

Neste poço sem fundo de questões já ouvi que se basear em questões demais pode enlouquecer e também pode tirar qualquer pessoa do seu caminho. Mesmo que muitas vezes nem saibamos que caminho seguimos ou se apenas nos deixamos levar.
E fora as perguntas que joguei nesse texto apenas por galhofa e abuso,
me questiono se nascer, viver e morrer sem ter ao menos a noção de como responder a algumas  destas questões não seria pior?
Esta espécie de cegueira não é muito mais inquietante? 

 


Nos siga também no Facebook e no Instagram!

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

Sugestões de Leitura

Vale a Leitura!

Descomplica pós