728 x 90
Tempo de Leitura: < 1 minuto



  • Eu amo só por Rayana Moura

    Eu amo só por Rayana Moura

      e se eu ficar 23 dias sem te ver calada muda ruminando minhas dores e meus rancores?   e se eu ficar 23 dias sem você eu não vou precisar esperar eu odeio esperar e já não quero esperar por alguém que não desça do seu pedestal particular   e se eu ficar 23

    LEIA MAIS
  • E me percebo fingindo ser adulto

    E me percebo fingindo ser adulto

    Como definir esta passagem?  Quando você se percebeu adulto?   Afinal o que é ser adulto? É repetir exaustivamente que “na minha época era tudo melhor”? Seria viver exclusivamente desse saudosismo vazio e enraizado? Passei a ser adulto quando calei meus sonhos até virarem tolices infantis? Ou quando abandonei a criança que havia em mim

    LEIA MAIS
  • A Lista por Oswaldo Montenegro

    A Lista por Oswaldo Montenegro

    Poesia em música Música que é uma poesia E a letra que se sustenta sem a música A lista é uma delas   Faça uma lista de grandes amigos Quem você mais via há dez anos atrás Quantos você ainda vê todo dia Quantos você já não encontra mais   Faça uma lista dos sonhos que

    LEIA MAIS
  • Ou dá ou desce ou A imperceptível felicidade nula

    Ou dá ou desce ou A imperceptível felicidade nula

    Sem nenhuma paciência e sem tempo a perder, Percebo a felicidade sempre perseguida, Mas pouco sentida e identificada    Eu queria apenas sentir uma brisa de felicidade Ou pelo menos tivesse um mapa. E que também soubesse emudecer sem me retalhar, Apaziguar sem me contorcer.   Por várias vezes procurei compreender os pormenores E me

    LEIA MAIS
  • Rindo de piada velha

    Rindo de piada velha

    Na poesia é onde consigo mais dizer mesmo que em poucas palavras. É o lugar onde me sinto bem e me esvazio. É aqui na poesia que me permito dizer o que sinto e quem sou  E hoje sinto que sou nada mais que uma piada velha     Para você, já fui o engraçadinho,

    LEIA MAIS
  • Um copo de veneno sem gelo, por favor

    Um copo de veneno sem gelo, por favor

    Gosto de passear pela poesia quando não quero me explicar e Deixar a interpretação na conta do leitor. Ele que faça seu próprio sentido e tomem seu próprio veneno   Deleitando-se com um copo de seu melhor veneno Que derrama, escorre e mancha sua única blusa E sistematicamente espalha seu amor artificial pelo corpo.  

    LEIA MAIS